5 Dicas de Segurança para o seu WordPress

Se você navegou pela internet hoje, é bem provável que tenha dado de cara com algum website que rode usando WordPress, o CMS (Content Management System – Sistema Gerenciador de Conteúdos, em português) mais famoso e mais utilizado do mundo. Por ser fácil de usar e possuir uma comunidade ampla e engajada, a plataforma atrai diariamente milhares de pessoas que buscam ter uma presença online. Toda essa polivalência e alcance se traduzem em uma estatística formidável:

Estima-se que 30% dos sites utilizam WordPress.

Com todo esse poder, é natural que a plataforma seja alvo diário de ataques por indivíduos mal-intencionados e, como possui milhões de usuários ao redor do mundo, aqueles que não estão atentos às boas práticas de segurança podem acabar tendo seus sites invadidos e seus dados roubados. Pensando nisso, separamos 5 dicas simples e muito eficazes para aumentar a segurança da sua aplicação WordPress. Confira!

Hospedagem

Todo bom site tem como base fundamental uma boa hospedagem. Isso vale não apenas para a performance da aplicação, mas também para a segurança. O tipo mais comum de hospedagem é, já há algum tempo, a hospedagem compartilhada. Esse tipo foi o ideal no início da internet comercial, nos anos 90, mas já não é mais o melhor padrão de hospedagem para as aplicações atuais. Utilizar uma hospedagem compartilhada no seu site WordPress significa deixá-lo mais vulnerável, sendo que centenas de websites são alocados dentro do mesmo servidor. O resultado? Se um site é invadido, todos os outros estão vulneráveis. Como alternativa, tanto de performance quanto de segurança, surgiram os cloud servers, hospedagens formadas por centenas de servidores interconectados. Nesse tipo de hospedagem, cada website fica alocado em um servidor privado, o que garante muito mais segurança para a sua aplicação.

Certificado SSL

Após escolher uma hospedagem mais segura e ideal para as aplicações modernas (cloud server, hein?), o próximo passo é prevenir que dados valiosos caiam nas mãos de pessoas mal-intencionadas. Para isso, é extremamente recomendado a utilização de um certificado SSL. Você com certeza já se deparou com sites que começam com https, ao invés de simplesmente http e que possuem um cadeado verde com a palavra Seguro antes da url. Essas indicações revelam que aquele é um ambiente online seguro para a transferência de informações entre o usuário e o servidor. Se você usa o WordPress como plataforma para a sua loja online ou se o seu site possui cadastro de usuários, é essencial que você utilize um certificado SSL. Além de garantir mais segurança para sua aplicação, sites https passam mais credibilidade aos usuários e são melhor ranqueados em pesquisas do Google.

WordPress

Falando agora diretamente da sua aplicação, os desenvolvedores do WordPress sabem que ela sofre tentativas diárias de ataques. Por isso, estão sempre atualizando a plataforma para que o sistema seja cada vez mais seguro. É importante ficar atento às atualizações do WordPress todas as vezes que elas forem lançadas. Deixá-lo desatualizado é aumentar as chances de ataques, já que os indivíduos mal-intencionados podem aproveitar as brechas de segurança das versões anteriores para tentar invadir o seu website.

Temas

Temas são um dos carros-chefe do WordPress, junto aos plugins. São como estruturas pré-definidas de sites que podem ser modificadas pelos usuários. Cor, redes sociais, layouts, logos, menus e muito mais – você sabe que praticamente tudo pode ser modificado e deixado da forma que mais te agradar. Os presets mais famosos incluem modelos para sites de notícias, blogs e e-commerces. Ok, mas você pode estar se perguntando, o que tudo isso tem a ver com a segurança do seu WordPress, certo? É necessário lembrar que temas são estruturas desenvolvidas por terceiros e que são instaladas na sua aplicação. Os temas, assim como qualquer outro tipo de ferramenta, estão passíveis de ataques e de invasões. Sempre que possível, é recomendada a contratação de profissionais que desenvolvam o seu tema do zero. Isso permite muito mais controle e melhora a performance do site.

Plugins

Plugins, assim como os temas, são um dos maiores atrativos para quem decide utilizar WordPress. Se você possui uma aplicação WordPress, provavelmente utiliza algum plugin para captura de emails, potencialização de SEO, exibição customizada de layouts ou criação de comunidades. E assim como o próprio WordPress e os temas, os plugins estão sempre sendo atualizados e muitas vezes trazem novas funcionalidades ou correções aos plugins, mas também trazem muitos melhoramentos em termos de segurança. Assim, se você utiliza um plugin desatualizado, está colocando em risco a segurança do seu site.  

Recapitulando:

  • Escolha uma hospedagem cloud para hospedar o seu WordPress;
  • Tenha um certificado SSL no seu website;
  • Mantenha seu WordPress, seus temas e plugins sempre atualizados!

Por conta das atividades diárias, muitas vezes negligenciamos alguns aspectos relacionados aos nossos negócios. Se você possui um website, é natural que muitas vezes esteja mais focado nas vendas e na gestão dos seus processos do que em procedimentos de segurança. As 5 dicas acima são passos simples e que podem garantir a segurança do seu website e, consequentemente, do seu negócio!