5 mulheres influentes na Tecnologia

Em Novidades sobre História

Aproveitando o mês da mulher, lembraremos as mulheres que são influentes e muito relevantes para a história da tecnologia.

KATHERINE JOHNSON

Nascida em 1918 em uma pequena cidade chamada White Sulphur Springs localizada na Virgínia, Katherine era fascinada por números, segundo ela, contava tudo. Contava os passos para a estrada, os degraus para a igreja, o número de pratos e talheres que lavara, tudo o que dava para contar, ela contava.

Seu pai era determinado para que Johnson conhecesse seu potencial e a garota provou que seu pai estava certo: conseguiu se formar no ensino médio aos 14 anos.

Em 1953, depois de anos como professora e como dona de casa, ela começou a trabalhar na NASA e ganhou visibilidade pelo seu trabalho conhecido pela precisão na navegação astronômica informatizada. Ela calculava as trajetórias, janelas de lançamento e caminhos de retorno de emergência para muitos voos, incluindo as primeiras missões da NASA.

Em 2015 recebeu o prêmio civil mais alto da nação, a medalha Presidencial da Liberdade do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama. Em 2016, foi incluída na lista de 100 mulheres mais inspiradoras e influentes pela BBC.

Coincidência ou não, Katherine nasceu no dia 26 de agosto, Dia da Igualdade da Mulher.

 

GRACE MURRAY HOPPER

Novaiorquina, nascida em 1906, Grace cresceu em uma família muito à frente das outras à época, uma vez que os estudos eram considerados como fundamentais para o desenvolvimento pessoal, independente do sexo. Seus pais fizeram com que ela estudasse até a universidade e ela foi a primeira mulher a receber o título de doutorado em matemática na Universidade de Yale. E a partir de então sua carreira deslanchou na ciência da computação, já que Grace desenvolveu o primeiro compilador da história e o primeiro compilador para processamento de dados que usava comandos em inglês. Não satisfeita, criou uma linguagem de programação em que o computador entende inglês, a língua dos negócios e que pode ser usada em qualquer computador. Grace faleceu em 1992.

 

MARISSA ANN MAYER

Estadunidense, Marissa é formada na Universidade de Stanford, com mestrado e doutorado em Ciências da Computação e foi recebida com “esperança” quando entrou no Yahoo em 2012 como presidente e diretora executiva. Não deu outra, sua gestão é conhecida como a que revolucionou o Yahoo, uma vez que comprou mais de trinta startup nos 12 primeiros meses na liderança. Marissa também atraiu a atenção dos executivos devido a sua decisão de participar na empresa Alibaba, principal portal de comércio eletrônico chinês.

Mayer também é tema de um livro de Nicholas Carlson chamado “Marissa Mayer e a briga para salvar o Yahoo”, que conta sua gestão e sua história de vida.

 

ADA AUGUST KING

Conhecida por ser a primeira programadora da história, Ada nasceu em 1815 e é conhecida como Condessa de Lovelace e ajudou o colega Charles Baggage no desenvolvimento da primeira máquina de cálculo além de ser responsável pelo algoritmo que poderia ser usado para calcular funções matemáticas. Ada teve criação científica desde cedo. Sua mãe era estudiosa de matemática e desde criança influenciava sua filha no mesmo caminho. Seu pai era poeta.

Lovelace morreu em 1852 de câncer no útero, A máquina que ela ajudou a criar não foi construída durante o tempo de vida da condessa, Anos mais tarde, em 1982 uma linguagem de programação estruturada ganhou o nome “Ada” como homenagem.

 

MARGARET HEAFILD HAMILTON

Cientista da computação, nascida em 1936, é responsável por desenvolver o conceito moderno de software e criar o programa de voo utilizado na Apollo 11, primeira missão tripulada à Lua, começou a vida profissional aos 24 anos quando foi trabalhar como programadora no MIT, Instituto de Tecnologia de Massachussets, depois de obter um diploma de matemática. Enquanto seu marido estudava Direito na Universidade de Harvard, Hamilton levava sua pequena filha de quatro anos ao escritório nos finais de semana e quase todas as noites para poder se dedicar mais na programação do Apollo 11.

Margaret publicou mais de 130 artigos, atas e relatórios relacionados aos 60 projetos e seis programas importantes nos quais esteve envolvida. Em 2016 foi premiada com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo ex presidente dos EUA. Barack Obama, devido ao seu trabalho sobre o desenvolvimento do software de voo a bordo das missões Apollo na NASA.

 

#WOCINTECH

A imagem de capa desta matéria é do perfil do Flickr WOCinTech Chat, criado em maio de 2015 com a ideia de encontrar e falar com outras mulheres da indústria tecnológica.

Saiba mais em http://www.wocintechchat.com/blog/wocintechphotos